Imprimir  Voltar  Home 


  Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior - ANDES-SN


Data: 11/07/2018

CSP-Conlutas faz audiência com relator da LDO no Senado 

Demais entidades que compõem o Fonasefe também estiveram na reunião e se posicionaram contra os ataques aos serviços públicos

Na manhã dessa terça-feira ( 10), uma comissão de entidades do funcionalismo foi recebida pelo senador Dalírio Beber (PSDB-SC), relator da proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2019 que deve ir à votação nesta quarta (11) na Comissão de Orçamento e no Congresso Nacional.

As entidades presentes manifestaram sua insatisfação com o texto do relatório, que traz fortes ataques aos direitos dos servidores públicos, e entregaram um documento construído pelo Fórum Nacional das Entidades de Servidores Públicos Federais (Fonasefe), no qual as entidades dos SPF se posicionam contrárias à proposta de LDO.

 “Alertamos que os milhões de servidores públicos federais estão furiosos com o texto do relatório que congela salários e precariza ainda mais os serviços públicos. E prometemos uma forte mobilização caso o Congresso insista em aprovar o texto como está. A exigência é que seja retirado do texto tudo que ataca os serviços públicos e os direitos dos servidores”, informou o integrante da Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas, Gibran Jordão.

O senador alegou que a proposta de relatório apresenta uma preocupação com o déficit fiscal do país, mas que o texto ainda pode sofrer alterações. O parlamentar se comprometeu levar em consideração o pleito do Fonasefe. “Várias entidades do funcionalismo se encontram no Congresso Nacional em reuniões com os membros da comissão de orçamento fazendo pressão contra a proposta de LDO. Manifestações nos aeroportos também estão sendo feitas nessa semana como forma de pressionar deputados e senadores”, disse Gibran.

Leia também:  LDO de 2019 pode proibir concursos e congelar salários de servidores

*Com edição do ANDES-SN


Fonte: CSP-Conlutas


0
|
0
| Denunciar

0 comentários | 231 visualizações | 0 avaliações

Comentar esta notícia