Servidores estaduais do Ceará protestam por reposição salarial

Publicado em 06 de Junho de 2019 às 11h11

Na terça (4), servidores públicos estaduais do Ceará protestaram em frente ao Palácio da Abolição, sede do governo, em Fortaleza. O Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais do Ceará (Fuaspec) reivindica reposição salarial de 20,64% para todas as categorias. Outra reivindicação do movimento é a abertura de concursos públicos.

A manifestação foi recebida por um forte aparato policial. Um acampamento chegou a ser levantado no local, mas os servidores decidiram dissolvê-lo no final do dia. O Fórum das Três - que representa as seções sindicais do ANDES-SN na Universidade Estadual do Ceará (Uece), na Universidade Regional do Cariri (Urca) e na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) - marcou presença na manifestação.

Após a pressão do movimento, os servidores foram recebidos por Mauro Filho, secretário de Planejamento e Gestão do governo cearense. O único acordo da reunião foi realizar novo encontro em agosto para avaliar as finanças do Ceará e ponderar a possibilidade de concessão da reposição salarial.

 “Temos perdas salariais desde o início do governo de Camilo Santana (PT), em 2015, que não repôs a inflação desse período. O governo falou da crise econômica e da recessão para se justificar, mas dados mostram que as contas do Ceará são superavitárias”, afirmou Sandra Gadelha, presidente do Sindicato dos Docentes da Uece (Sinduece – Seção Sindical do ANDES-SN).

“Os servidores demonstraram grande disposição de lutar pela reposição salarial” completou a docente. O Fuaspec tem uma reunião na quinta (6) para avaliar a manifestação e decidir os próximos passos da luta.

Compartilhe...

Outras Notícias
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
EVENTOS