NOTA DA DIRETORIA DO ANDES-SN CONTRA A CONSULTA PÚBLICA DO FUTURE-SE

NOTA DA DIRETORIA DO ANDES-SN CONTRA A CONSULTA PÚBLICA DO FUTURE-SE

Atualizado em 05 de Agosto de 2019 às 14h36

 

O Ministério da Educação apresentou, no dia 17 de julho de 2019, o Programa Future-se, que visa privatizar as Instituições de Ensino Superior Públicas no Brasil. Em seguida, abriu uma consulta pública, por um curtíssimo período de tempo coincidente com o recesso em diversas IES, para “contribuições” ao texto que será enviado como Projeto de Lei ao Congresso Nacional.

O programa foi construído sem a participação da comunidade acadêmica e entidades do setor da Educação e traz graves ataques ao projeto de Educação defendido pelo ANDES-SN, expresso no Caderno 2. Entendemos que a consulta pública é insuficiente para sanar os graves erros de método na construção do programa e de concepção de Educação Pública.

Além de exigir dados pessoais de quem dela participa, as perguntas da consulta pública engessam qualquer contribuição mais crítica, pois apresenta apenas as opções: “acha que o tópico está totalmente claro”, “claro com ressalvas” ou “se não está claro”, permitindo apenas adicionar algum comentário.

Diante disso, a Diretoria do ANDES-SN denuncia essa tentativa de legitimar uma política de destruição das IES públicas e orienta a base do Sindicato a não participar da referida consulta pública.

 

 

Brasília (DF), 02 de agosto de 2019

 

 

 

Diretoria do ANDES-Sindicato Nacional

Outras Notas Politicas
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
EVENTOS