NOTA DA DIRETORIA DO ANDES-SN DE REPÚDIO À REPRESSÃO POLICIAL À(O)S SERVIDORE(A)S DO ESTADO DE SÃO PAULO DURANTE A APROVAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NA ALESP

NOTA DA DIRETORIA DO ANDES-SN DE REPÚDIO À REPRESSÃO POLICIAL À(O)S SERVIDORE(A)S DO ESTADO DE SÃO PAULO DURANTE A APROVAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NA ALESP

Publicado em 05 de Março de 2020 às 15h35

A Diretoria do ANDES-SN repudia os atos de violência cometidos pela Polícia Militar, no dia 03 de março de 2020, contra o(a) servidore(a)s público(a)s do Estado de São Paulo, que estavam, legitimamente, lutando contra a aprovação da reforma da Previdência estadual, reivindicando na assembleia legislativa estadual (Alesp) a reprovação  ao  Projeto de Emenda à Constituição (PEC), apresentada pelo Executivo do estado,  que confisca as aposentadorias e pensões do(a) servidore(a) público(a)s estaduais. Esse confisco de 14% representa uma ameaça material e efetiva sobre as condições de vida e de trabalho do(a)s servidore(a)s estaduais, que somado às perdas inflacionárias, e ao não reajuste salarial, incidem sobremaneira às servidoras e professoras, visto que ao aumentar em 7 anos o tempo de contribuição  para  aposentadoria impõe, sobretudo  às mulheres, condições desumanas de trabalho, vida e de aposentadoria.

O uso da força policial para desmobilizar o(a)s servidore(a)s por parte do governo Dória (PSDB) no estado de São Paulo e do Presidente da Alesp Cauê Macris (PSDB) tenta restringir o direito de manifestação e de organização dos trabalhadores e das trabalhadoras. Diante disso, repudiamos o uso da força policial para a repressão dos movimentos do(a)s servidores, uma vez que cremos que fora desviante, abusiva, e violadora. Tal truculência e excessividade evidenciam a expansão do estado penal e da criminalização dos direitos sociais, ao mesmo tempo em que institui o medo e o desrespeito à população. Ademais, declaramos o nosso repúdio à aprovação da reforma da Previdência, que a exemplo da reforma ocorrido em âmbito federal, retira direitos e amplia a precarização das condições de trabalho e vida do povo trabalhador do estado mais populoso do país.

Brasília (DF), 05 de março de 2020

 

Diretoria Nacional do ANDES-SN

Outras Notas Politicas
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
EVENTOS