NOTA DE REPÚDIO DA DIRETORIA NACIONAL DO ANDES-SN À CONDUÇÃO DA POLÍTICA AMBIENTAL DO GOVERNO FEDERAL E ÀS FALAS DO MINISTRO DO MEIO AMBIENTE

NOTA DE REPÚDIO DA DIRETORIA NACIONAL DO ANDES-SN À CONDUÇÃO DA POLÍTICA AMBIENTAL DO GOVERNO FEDERAL E ÀS FALAS DO MINISTRO DO MEIO AMBIENTE

Publicado em 22 de Junho de 2020 às 19h14

NOTA DE REPÚDIO DA DIRETORIA NACIONAL DO ANDES-SN À CONDUÇÃO DA POLÍTICA AMBIENTAL DO GOVERNO FEDERAL E ÀS FALAS DO MINISTRO DO MEIO AMBIENTE
A diretoria nacional do ANDES-SN repudia o desrespeito à preservação da natureza, por parte do atual governo federal, em especial, pelo Ministério do Meio Ambiente. As degradações ambientais geradas pela espécie humana vêm crescendo, em frequência e intensidade, resultado do modelo de desenvolvimento. Por outro lado, constata-se a “boiada passando”, via a flexibilização das normas ambientais, a precarização ou a omissão na fiscalização e na aplicação de sanções previstas em lei, o que agrava muito o quadro de conservação do meio ambiente, no Brasil.
A comunidade internacional tem consciência de que as ameaças ambientais, as quais contribuem com as mudanças climáticas, impactarão o futuro da sociedade e do planeta, tal como conhecemos, atualmente. As expectativas são de profundas modificações no mundo do trabalho e com graves implicações nas relações sociais e no aumento da escandalosa desigualdade na concentração de riqueza.
Para enfrentar os problemas que geram milhões de desempregado(a)s haverá a necessidade de políticas públicas que dependerão de rapidez e eficiência no enfrentamento desses problemas. O que nos impõe comprometermos com a manutenção dos ecossistemas, algo que o Ministro de Estado do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não tem feito. Haja visto seu passado, suas palavras e suas ações na contramão da preservação da natureza.
As organizações ambientais mundiais condenaram a fala de Ricardo Salles, após a divulgação do vídeo da reunião ministerial, no final de maio/2020, a qual atenta contra as florestas e à sociedade, caracterizando uma política anti-ambiental. Para o oportunista Ricardo Salles, é preciso que o governo aprove reformas políticas, aproveitando-se do trágico momento de pandemia de COVID-19 e da cobertura da imprensa voltada à pandemia. Cabe à sociedade e às instituições que defendem a
natureza, lutar para não deixar “essa boiada passar”; barrar as reformas desse governo federal e de seus/suas aliado(a)s que têm a defesa da ilegalidade como estratégia de atuação.
O ANDES-SN soma sua voz às diversas entidades que repudiam as ações promovidas pelo Ministro Ricardo Salles e que lutam pela preservação da vida.
Em defesa da Natureza!
Fora Ricardo Salles!
Derrotar Bolsonaro-Mourão!
Brasília(DF), 22 de junho de 2020
Diretoria do ANDES-Sindicato Nacional

Outras Notas Politicas
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
EVENTOS