Nota da Diretoria Nacional do ANDES-SN de repúdio à Direção Geral do Instituto Nacional de Educação de Surdos pela tentativa de remoção da sede da ASSINES.

Nota da Diretoria Nacional do ANDES-SN de repúdio à Direção Geral do Instituto Nacional de Educação de Surdos pela tentativa de remoção da sede da ASSINES.

Atualizado em 24 de Julho de 2020 às 11h07

NOTA  DA DIRETORIA NACIONAL DO ANDES-SN  DE REPÚDIO À DIREÇÃO GERAL DO INSTITUTO NACIONAL DE EDUCAÇÃO DE SURDOS PELA TENTATIVA DE REMOÇÃO DA SEDE DA ASSINES
 

O ANDES-Sindicato Nacional repudia a postura antidemocrática da Direção Geral do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), representada pelo diretor-geral, Paulo André Bulhões, que, em meio a uma pandemia, inicia um processo de expulsão da sede física da Associação dos Servidores do INES (ASSINES), Seção Sindical do SINASEFE. Cabe destacar que a comunidade filiada a ASSINES avalia que a antidemocrática postura em retirar a sede de sua entidade sindical além de ser uma iniciativa de afastamento da sua base, alinha-se com o posicionamento político de Bolsonaro e seus aliados que atacam a independência política de trabalhadore(a)s e a defesa de seus interesses.

A comunidade de luta do INES, desde o ano passado, ressente-se de que a consulta para escolha da nova direção do instituto sequer foi respeitada pelo Governo Federal, posto que o atual diretor não foi o vencedor do pleito elaborado pela sua comunidade. À revelia do que fora acordado entre as chapas que concorreram às eleições para a Direção Geral do INES, as quais celebraram o acordo de que, mesmo que não configurassem na primeira colocação junto à lista tríplice encaminhada para Brasília, reclinariam a posse. Tal acordo não foi cumprido por Paulo André Bulhões, configurando-se uma intervenção e o rompimento dos pactos democráticos desta entidade, que neste contexto pandêmico da COVID 19 aciona a direção da ASSINES para presencialmente retirar os pertences dessa entidade que representa servidoras e servidores do INES, desrespeitando protocolos sanitários.

Reforçando nossa solidariedade de classe à ASSINES, bem como a toda e qualquer entidade representativa da classe trabalhadora, o ANDES-SN repudia todo o processo de remoção da sede da ASSINES.

 

Toda solidariedade a quem defende a classe trabalhadora!

Em defesa da vida e contra o negacionismo da pandemia da COVID 19!

Pela autonomia das entidades sindicais!

 

Brasília(DF),  13 de Julho de 2020.

Diretoria Nacional do ANDES-SN

Outras Notas Politicas
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
EVENTOS